Saiba como impermeabilizar a sua casa

Saiba como impermeabilizar a sua casa

Fazer a impermeabilização de lajes é essencial, principalmente, em grandes construções, porque cria uma barreira de proteção contra infiltrações, umidade e vazamentos que podem ser causados pela chuva.

Além disso, também é utilizada para controlar os níveis de temperatura do ambiente, contribuindo para o conforto térmico do ambiente.

Saber qual é a impermeabilização certa para cada caso deve ser uma preocupação nas construções ou reformas. A impermeabilização de paredes e outras estruturas devem ser feitas de maneira correta.

É possível deixar a sua casa livre de qualquer problema de infiltração com a ajuda de um profissional especializado em impermeabilização.

Preparando o local

Aplicação de manta asfáltica

Não é porque você comprou o impermeabilizante ideal e contratou a melhor equipe de profissionais do mercado que poderá descuidar do projeto da sua casa.

A integridade da superfície que receberá o reparo é fundamental e pode diminuir, significativamente, os custos com manutenção ou pequenos reparos.

Os principais cuidados são:

  • Análise rigorosa: é importante identificar problemas na estrutura como, por exemplo, rachaduras, oxidações aparentes, proliferação de pragas ou enraizamento de sementes trazidas por pássaros e o vento;
  • Atenção às orientações dos fabricantes: quantidades de elementos utilizados, modo de aplicação, tempo entre demãos e demais recomendações.

Tipos de impermeabilizantes

impermeabilização

Tetos, paredes, pisos e revestimentos manchados, úmidos e cheirando a mofo, são os resultados das infiltrações de líquidos, principalmente, água quando não há impermeabilização.

Existem dois tipos de impermeabilizantes disponíveis no mercado, sendo cada um com componentes e propriedades específicos, de acordo com os locais onde serão aplicados: os rígidos e os flexíveis.

Impermeabilizantes rígidos

São argamassas industriais (produtos com aditivos químicos) que podem ser adicionadas às argamassas comuns e ao concreto. Um detalhe importante é que deve ser utilizada em locais que não sejam propensos às rachaduras, como pisos de subsolos, piscinas enterradas ou locais que não estejam sujeitas às grandes variações de temperatura.

A impermeabilização rígida se divide em dois tipos:

  • Argamassa impermeável: comprada já pronta ou preparada juntamente com cimento, areia, água e impermeabilizante. Usa-se com frequência como reboco e contrapiso;
  • Argamassa com polímeros: são compradas já prontas, bastando acrescentar a emulsão de polímeros e o cimento, areia até formar um composto homogêneo.

Impermeabilizantes flexíveis

São compostos por elastômeros e polímeros e são ideais para locais onde exista a possibilidade do surgimento de fissuras ou que fiquem constantemente expostos ao sol ou grandes variações de temperatura.

É possível encontrar diferentes tipos de produtos, mas vamos dar ênfase a três delas:

  • Manta asfáltica:  composta por um único elemento, seu uso é recomendado para áreas que ficam expostas à chuva, como pisos, lajes, paredes;
  • Moldadas in loco: com diversas aplicações a frio e a quente, forma-se uma membrana flexível e sem emendas. É indicado para ambiente menores, cujo acesso não seja facilitado;
  • Manta de PVC: excelente para grandes espaços, como aterros sanitários, lagos artificiais e grandes piscinas. Flexíveis, se amoldam facilmente às variações topográficas do terreno em que é aplicada.

Solicite um orçamento

Quer deixar sua casa livre de quaisquer problemas com infiltrações? Recomendamos a contratação de profissionais com experiência para ter o melhor resultado do projeto.

A Master House possui uma equipe de profissionais qualificados para fazer a impermeabilização do seu imóvel.

Avalie este conteúdo:
Avalie esse serviço!