O que é manutenção preventiva

O que é manutenção preventiva

Como diz o ditado popular, “é melhor prevenir do que remediar”. Por isso, a melhor maneira de mantermos máquinas e equipamentos em funcionamento correto e imóveis com a estrutura em perfeitas condições é fazermos manutenções periódicas. É o que, tecnicamente, chamamos de manutenção preventiva.

É uma grande aliada tanto em indústrias quanto em imóveis residenciais ou comerciais, pois implica em economia de dinheiro destinado à troca de peças, equipamentos ou materiais de decoração. Nossos profissionais prepararam algumas dicas de manutenção preventiva para você manter os equipamentos em funcionamento adequado ou os imóveis em segurança. Vem com a gente!

Conceito de manutenção preventiva

manutenção de chuveiro

Consiste em uma ação planejada de prevenção que envolve inspeção, reformas, reparos, entre outros, com o objetivo de evitar que algo apresente quebra ou erro. Quando se trata de manutenção preventiva em imóveis, o recomendado é chamar um profissional qualificado para fazer uma vistoria completa com o objetivo de detectar falhas na estrutura e que precisem de reparo.

Quem pode fazer manutenção preventiva?

manutenção preventiva

Normalmente, somente técnicos especializados podem fazer a manutenção preventiva de máquinas, equipamentos e instalações. Já em imóveis, profissionais qualificados podem fazer a vistoria. Mas, quais profissionais são responsáveis por cada tipo de manutenção? Vamos listar os mais conhecidos e solicitados:

  • Engenheiro civil:  para ações de manutenção predial contrate um engenheiro ou arquiteto;

  • Engenheiro elétrico: ou técnico em eletricidade, dependendo do equipamento, máquina ou instalação em que seja preciso realizar a manutenção elétrica;

  • Engenheiro hidráulico: ou encanador, também levando em conta o tamanho, a extensão e a complexidade dos equipamentos hidráulicos;

Vantagens da manutenção preventiva

vantagens em fazer a manutenção preventiva

São várias, mas nos deteremos nas principais:

  • Economia financeira: melhor tratar de um problema antes que ocorra. É mais barato prevenir falhas e quebras de equipamentos mesmo com o custo da mão de obra especializada;
  • Tenha bom senso quando a manutenção sai quase pelo mesmo preço do equipamento. Neste caso, pense bem antes de fazer a troca;

  • Funcionamento dentro do esperado: máquinas, equipamentos e instalações que sofrem manutenções preventivas não param inesperadamente.

Tenha em mente que não estamos falando apenas de máquinas, equipamentos elétricos ou imóveis, mas também podemos aplicar em veículos, por exemplo. Já pensou em fazer uma viagem longa sem saber como estão os freios ou pneus? Já pensou o risco que você e sua família podem correr?

Embora isso não exista mais no meio organizacional, muitas pessoas acham um exagero realizar a manutenção preventiva e acreditam em gastos desnecessários. Não deixe de dar atenção ao fio descascado ou aquela parede rachada. A vida agradece!

Falamos sobre coisas muito legais, não foi? Gostou?

Avalie este conteúdo:
O que é manutenção preventiva
Avalie esse serviço!