Ideias e dicas de cozinhas planejadas - Master House

Como podemos lhe ajudar?  Pedreiro, Eletricista, Encanador, Pintor, Gesseiro, Marido de Aluguel e Manutenção Predial

Master House Manutenção e Reformas

Cozinha planejada: vale a pena apostar em uma?

Dicas e ideias de cozinhas planejadas

Cozinha planejada: vale a pena apostar em uma?

Avalie esse serviço!

O ambiente é pensando de acordo com as preferência e a rotina da família, feito exclusivamente para se encaixar de forma perfeita no espaço disponível

A maioria das pessoas deseja ter uma casa que – muito mais que bonita – seja confortável. E, neste sentido, os ambientes planejados têm sido a grande aposta de muitas famílias.

Um ambiente é planejado de acordo com as dimensões espaciais que o espaço oferece, suas medidas em geral, seus fluxos de passagens e aberturas de portas e janelas relacionados ao uso funcional deste ambiente.

No que diz respeito à cozinha especificamente, o ambiente planejado é pensado para que se aproveite todo o seu espaço de modo funcional e harmônico. “Além da estética escolhida para a cozinha, também será pensado a frequência de uso dela, o número de pessoas que a utilizarão e a ergonomia necessária para atender os usuários da cozinha em questão”, destaca Graziella Aguiar, arquiteta e consultora da Master House Manutenções e Reformas.

Graziella explica que existem dois tipos de cozinhas planejadas:

Com móveis modulares: quando o fabricante estipula as dimensões de móveis que ele trabalha e essas dimensões são adequadas às medidas do ambiente.

Com móveis sob medida: quando, como o próprio nome já diz, os móveis são fabricados de acordo com as medidas estipuladas pelo projeto.

Benefícios e desvantagens de uma cozinha planejada

Dicas e ideias de cozinhas planejadas

De acordo com a arquiteta, as vantagens de uma cozinha planejada são inúmeras. “Além de poder escolher cores e acabamentos que trarão um conforto visual ao proprietário, a cozinha planejada é pensada de acordo com a rotina dele”, diz.

“Por meio de uma cozinha planejada, é possível atender todas as necessidades do cliente, seja ela mais espaço para guardar utensílios, mantimentos ou mesmo uma área melhor para cozinhar para muitas pessoas. Enfim, para cada caso é pensado uma cozinha diferente”, acrescenta Graziella.

Mas e quanto às desvantagens? Graziella diz que é muito difícil apontar uma desvantagem da cozinha planejada. “Acredito que a única é o fato de que, como ela é feita para determinado local, ela não apresenta mobilidade. Ou seja, se você mudar de casa, [provavelmente] não poderá levar a cozinha”, explica.

Marcas mais populares de cozinhas planejadas

Graziella destaca que as marcas mais populares de cozinhas planejadas são Todeschini, Dell Anno e Italínea, mas este é um mercado que tem crescido em opções a cada ano.

Todeschini: é uma das maiores fabricantes de móveis planejados da América Latina. Os produtos da marca incluem móveis e complementos para ambientes personalizados, são direcionados para residências, empresas e hotelaria, comercializados por mais de 260 lojas distribuídas por todo o Brasil e no exterior.

Dell Anno: tradicional marca de móveis planejados do Brasil, tem uma linha completa para cozinhas, dormitórios, closets, home theaters, home offices, áreas de serviço, banheiros e também para ambientes comerciais.

Italínea: possui lojas em todo Brasil, fabrica cozinhas, dormitórios, home theaters, home offices, áreas de serviço, mesas e cadeiras, banheiros e ambientes corporativos.

A arquiteta Graziella diz que, em sua opinião, as melhores marcas são aquelas que apresentam qualidade do produto, organização na montagem e são fabricantes que dão maior variedade de produtos para montar os projetos. Planejada por arquiteto/designer ou de marcas populares: o que é melhor?

Graziella explica que a grande diferença é que as cozinhas planejadas por arquitetos e designers são pensadas exclusivamente para cada cliente. Já as de marcas populares são pensadas genericamente, para servir a maioria das casas.

Ideias e dicas de cozinhas planejadas

Sendo assim, é importante você avaliar suas necessidades e decidir se você precisa de soluções personalizadas para sua cozinha ou se um modelo mais tradicional servirá para o ambiente. Apostar em um bom designer ou arquiteto é especialmente indicado para quem quer uma cozinha diferente, que fuja um pouco dos padrões das cozinhas mais comuns encontradas nas marcas populares. Dicas para escolher o projeto da cozinha planejada

A arquiteta explica que atualmente existe uma infinidade de materiais. “Isso nos deixa bem servidos na hora de criar o projeto. Podemos misturar em uma cozinha pedras naturais e sintéticas, diversos tipos de melamínico com imagens de madeiras ou mesmo pintura automotiva de infinitas cores (laca brilhante ou fosca), puxadores em couro ou outros materiais em diversos formatos”, explica.

Neste sentido, Graziella dá algumas dicas do que levar em conta na hora de escolher o projeto da cozinha planejada:

É preciso prestar a atenção no material usado, exija sempre MDF.

Os móveis precisam ter uma boa estruturação também.

É preciso ver se o acabamento é bem feito, sem recortes e rebites.

Vale prestar a atenção no tempo de montagem e na organização da cozinha e sempre respeitar o projeto e as condições estruturais que o espaço que receberá a cozinha oferece.

É preciso sempre respeitar as vigas, pilares, tubulações hidráulicas e pontos elétricos na hora de planejar qualquer ambiente. Caso seja necessário, é importante contratar um bom gesseiro para realizar o acabamento e valorizar a decoração e iluminação do local com os móveis.

Agora você já sabe: há bons motivos para investir em uma cozinha planejada. Além de poder escolher cores e acabamentos, ela será feita de acordo com as necessidades dos moradores da casa. Inspirações: cores e ideias para sua cozinha

 

Solicite já seu orçamento para valorizar sua cozinha planejada

VEJA TAMBÉM

Assine nossa newsletter